Mindfulness

Mindfulness

Quer diminuir compulsões, ansiedade, tristeza, depressão?

Eis aqui uma forma simples e fácil que vai ajudar a manejar o estresse provocado pelo cotidiano. Para isso, é importante que você escolha a meditação adequada para trabalhar as suas questões e a pratique todos os dias.

A ciência já comprovou que um novo hábito

precisa ser repetido durante 21 dias seguidos para

seu cérebro aprendero caminhos e torná-lo rotina.

Parece complicado, mas é fácil!

Para ter uma mente mais leve, uma vida mais tranquila,

basta seguir este guia. Em cada meditação, preparada com carinho e de forma fácil, você vai experimentar e ver que meditar não é parar de pensar. Aliás, ninguém consegue ficar sem pensar. Meditar é criar espaços maiores entre os seus pensamentos, e isso você consegue.

Basta seguir 4 princípios:

1. Manter atenção plena ao momento presente

2. Não julgar seus pensamentos

3. Observar cada detalhe presente, com mente de principiante

4. Ter um propósito

A Atenção Plena, ou Mindfulness, não é uma religião. É uma prática de permanecer no agora, no presente momento, sem julgamentos, apreciando e sentindo o que vier a sua cabeça, observando com uma mente de principiante e sempre com um propósito em vista.

A meditação:

  • Não é religião.
  • É uma prática de ficar no agora,
  • no presente momento.
  • Sem julgamento.
  • Apreciando e sentindo o que vier.
  • Com uma mente de principante, observando.
  • Com um propósito.

Na correria desenfreada da vida, estamos todos correndo atrás do dever a ser cumprido com a mente atormentada por problemas passados preocupada com o que virá no futuro.

A única coisa que não fazemos é estar presente.

Benefícios da meditação

R. Davidson, D. Goleman e Jon Kabat-Zinn mostram que meditar:

• Diminui a ansiedade

• Melhora o humor

• Ativa o córtex pré-frontal esquerdo

• Aumenta a imunidade

• Aumenta o tamanho dos telômeros em até 40%

• Melhora a memória e a criatividade

Já a neurociência constatou que, durante a meditação,

acontecem mudanças extraordinárias:

• O número de pensamentos diminui

• Abre-se espaço na mente

• O cérebro desacelera

A atividade no lobo pré-frontal esquerdo (razão e foco)

aumenta

• A atividade no lobo pré-frontal direito (emoção, ansiedade

e depressão) diminui

• Melhora a memória

• Melhora a saúde física

Segundo Daniel Goleman e Richard J. Davidson, no livro

“A ciência da meditação”, meditar a longo prazo:

• Diminui infecções

• Aumenta a longevidade

• Melhora a imunidade

• Evita doenças crônicas

• Diminui depressão, TOC, TDAH, TAG e compulsões

• Melhora a memória e a criatividade

• Torna a pessoa mais compassiva e menos reativa

Viu só a quantidade de benefícios?

Para levar uma vida mais plena e dar conta da agitaçãoe das cobranças diárias, que tal meditar todos os dias e trazer esses benefícios para você também?!

Entre em contato e agende uma sessão, estamos lhe aguardando.

Envie uma Mensagem

Um email será enviado para o proprietário